Inhotim Ocupações Temporárias

Selo Estufa – Estúdio de Design Inhotim

Identidade visual e sinalização para o Inhotim Ocupações Temporárias, uma programação dedicada à performances e ocupações, em 2017.





Em 2017, o Inhotim Ocupações Temporárias foi lançado com o objetivo de proporcionar uma nova experiência no Parque, envolvendo atrações artísticas performáticas diversas.

O projeto inaugurou um novo ritmo no Inhotim: o efêmero, que se uniu às exposições permanentes e temporárias. Se propôs também a oferecer para o público uma polifonia de expressões artísticas. Dessa forma, a identidade visual se baseou em três pilares: efemeridade, polifonia e ocupação.

O underline se apresenta como um elemento gráfico representativo de algo a ser ocupado, como uma linha a ser preenchida. Ele foi inserido no lettering do nome e também nos jogos tipográficos, e aparece em diversos comprimentos. A palavra ocupação assume, aqui, diversos sentidos: ocupar o tempo, ocupar o espaço, ocupar o lugar do outro, ocupar Inhotim.






O cinza assume papel predominante na paleta de cores. Como a cor de transição entre o preto e o branco, representa o espaço entre o nada e o tudo, o trânsito entre dois pólos. Nesse sentido, dialoga com o conceito de ocupação.

As imagens do Inhotim receberam um tratamento em blur de movimento, como representação da experiência de um dia repleto de acontecimentos que permanecem somente na memória. Por fim, jogos tipográficos diversos em cores intensas exercitam os conceitos de ocupação e polifonia e surpreendem com maneiras diversas de apresentar as informações.

Ao propôr uma ocupação múltipla do Inhotim, a identidade foi desdobrada para o sistema de sinalização de evento do museu, a fim de orientar o público sobre os percursos e locais onde performances que iriam acontecer.









Direção de criação: Mariana Hardy
Direção de operações: Cynthia Massote
Gerência de projeto: Ricardo Lopes
Design: Fernando Dias
Produção gráfica: Gabriela Silva
Fotografia: William Gomes